Nhoque de batata doce

Uma das massas mais conhecidas e consumidas popularmente é a famosa receita de gnocchi ou nhoque como é popularmente conhecido. Do italiano, gnocchi significa algo similar a uma pelota de farinha com água. O surgimento do prato é popularmente atrelado à Itália, embora existam suposições de que seu preparo, embora diferente do atual, date dos tempos dos antigos gregos e romanos. Observou-se, entretanto, que sua popularidade aumenta na Itália, país ao qual é atrelado, tomando maiores proporções nos pratos das pessoas entre os séculos XVI e XVII quando a batata chega ao país, substituindo o modo de preparo antecessor, o nhoque de polenta.

gnocchi de batata doce

De fácil preparo e sabor incrível o nhoque ainda oferece mais do que isso, sua opção como refeição oferece ainda, em especial para aqueles que gostam de uma história por trás do prato, uma lenda a respeito do nhoque da sorte. Costume em muitos países, inclusive no Brasil, a história diz respeito ao fato de comer sete massinhas da receita no dia 29 de dezembro a fim de obter sorte, conforme os pedidos que são feitos a cada massinha que se come.

A história conta que São Panteão, disfarçado de andarilho, pediu comida em uma casa na Itália, após muito caminhar pelo local em certo dia que seria 29 de dezembro. A família que morava na casa a qual ele batera na porta era grande e pobre, mas ainda assim dividiu a refeição daquele dia – uma porção de nhoque. Cada sujeito recebeu então uma porção de sete massinhas de nhoque, as quais São Panteão teria comido, agradecido e partido em seguida. Quando a família foi recolher os pratos encontrou embaixo de cada um uma grande quantia em dinheiro.

Com o passar dos anos, formou-se a crença, a partir dessa história, que se deve comer uma porção de sete massinhas de nhoque todo 29 de dezembro a fim de obter fortuna, colocando antes da refeição uma nota de dinheiro em baixo do prato e comer as sete primeiras massinhas em pé, realizando um pedido para cada uma. O dinheiro posto embaixo do prato deve ser guardado pelo restante do mês seguinte e cada massinha deve ser mastigada sete vezes, a fim de que se obtenha a realização do desejo.

Independente do costume sabe-se que o nhoque é uma receita popular e que agrada a diversas pessoas, ainda que, por vezes, se veja sendo deixado de lado por motivos relacionados a uma alimentação mais saudável, com um consumo menor de alimentos de carboidratos complexos, como é o seu caso. Entretanto, é interessante atentar-se ao fato de que, embora a receita tradicional possa parecer uma vilã em determinadas dietas específicas, foram criadas algumas variações desta receita, tão deliciosas quanto a original, mas com um valor calórico diferenciado, embora ainda ricas em nutrientes. Sendo exemplos destas, os deliciosos nhoques de batata doce, milho verde, mandioquinha e mandioca.

A seguir observe a receita de como preparar um apetitoso nhoque de batata doce, opção interessante de sabor e nutrientes para aqueles que possuem uma dieta mais rígida frente aos ingredientes que podem ser ingeridos.

Para o preparo dessa receita, são necessários alguns poucos ingredientes, sendo estes: Dois quilos de batata doce; um ovo grande; uma colher e meia de sopa de manteiga; pimenta do reino, sal e noz moscada a gosto, além de aproximadamente meio quilo de farinha, a qual pode ser substituída pela farinha integral, podendo esta variar em quantia utilizada, uma vez que é adicionada aos poucos para que a massa atinja o ponto ideal.

Uma vez reunidos todos os ingredientes que serão utilizados, dá-se início ao preparo dos nhoques, começando por assar as batatas. Deve-se envolvê-las em papel alumínio e leva-las ao forno médio, virando-as vez ou outra, até que estejam macias. No que diz respeito à retirada ou não de sua casca, isto fica por escolha de quem prepara. Assim que as batatas encontram-se assadas, deve-se fazer um purê com estas, adicionando o restante dos ingredientes a este com exceção da farinha.

Realizando a adição da farinha pouco a pouco, procura-se dar o ponto adequado a massa, sendo este uma mistura lisa e homogênea, sovando-a para tanto em uma superfície lisa e enfarinhada. Uma vez que se atinge o ponto desejado da massa, deve-se corta-la em pequenos cubos e reserva-los.

O processo de cozimento deve ser feito em uma panela com bastante água, o suficiente para cobrir todos os cubos, a qual deve estar em processo de fervura para que os cubos de nhoque sejam adicionados. É importante que se adicione sal a água, entretanto pode ser interessante adicioná-lo quando a água estiver quase fervendo, visto que o adicionando antes de a fervura iniciar, esta pode demorar mais a acontecer. Uma vez que a água esteja fervendo e o sal tenha sido adicionado, colocam-se os cubos aos poucos, deixando-os em fervura até que perceba que estão boiando na água, o que indica que estão prontos para serem retirados do fogo.

Essa receita, além de deliciosa e saudável, é interessante para ser feita em situações de reuniões familiares ou entre amigos, por exemplo, uma vez que rende grandes porções para cerca de no mínimo seis pessoas.

0/5 (0 Reviews)
2018-11-03T21:47:21+00:00